Actividades

Conferência sobre DSS

Defesa dos CSP , Determinantes Sociais da Saúde

Queremos que Moçambique se torne um país de referência na defesa dos CSP.

Organizamos a Primeira Conferência Internacional sobre Determinantes Sociais de Saúde em Maputo de 5 a 7 de dezembro de 2018.

Queremos que Moçambique se torne um país de referência na defesa dos CSP e que o faça com rigor científico, promovendo eventos internacionais de reflexão e debate sobre como melhorar os CSP no país.

Os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) são as circunstâncias em que as pessoas nascem, crescem, vivem, trabalham e envelhecem. A saúde das pessoas é influenciada pelo nível de renda, habitação, transporte, condições de trabalho (ou falta de emprego), educação, desigualdade de gênero, meio ambiente, integração social e participação, entre outros. fatores, sem esquecer o acesso aos serviços de saúde e a qualidade deles. Esses determinantes sociais influenciam indicadores como a expectativa de vida, mortalidade, morbidade ou estado de saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os DSS explicam a grande maioria das iniquidades em matéria de saúde, isto é, as diferenças injustas e evitáveis observadas entre países, e no seio dos mesmos, em relação à situação da saúde.

Neste momento, observam-se desigualdades sociais em saúde na cidadania em todos os países do mundo. Moçambique não é uma exceção. Muitos dos problemas de saúde mais relevantes estão sujeitos à influência destes determinantes. Estima-se que 80% dos determinantes da saúde estão de facto fora do sistema de saúde. A distribuição desigual dos problemas de saúde não é um fenómeno “aleatório” ou “natural”, nem o produto de umas condutas pouco saudáveis. Pelo contrário, é, sobretudo, o resultado da combinação das políticas sociais e económicas que são realizadas num determinado território ou país. Por isso, a melhoria da saúde e da equidade requer a realização/aplicação de políticas, programas e intervenções que abranjam todos os sectores sociais e ambientais fundamentais em cada sociedade e não unicamente o sector dos cuidados de saúde. No entanto, um acesso mais dificultado aos serviços de saúde e uma diminuição na qualidade destes para os grupos sociais menos favorecidos podem repercutir, sem dúvida, em piores consequências ao nível da saúde e bem-estar e em uma maior desigualdade.

Até à data, a pesquisa no âmbito da saúde em Moçambique tem sido marcada por um carácter quase exclusivamente biomédico. Porém, entendemos que o país enfrenta desafios que vão mais além deste âmbito, e a saúde individual e colectiva não poderá ser melhorada sem um maior entendimento dos determinantes que a afectam. Os DSS podem tornar-se um quadro teórico e prático ideal de referência para a melhoria das iniquidades em saúde, particularmente em Moçambique.

É neste contexto que a medicusmundi organizará a Primeira Conferência Internacional sobre Determinantes Sociais da Saúde em Maputo de 5 a 7 de dezembro de 2018.
Encontre abaixo o Call for Papers.

Chamada de Propostas.pdf

Call for Papers.pdf

 

Informação Relacionada

Atualidade

Selecção de papers/resumos para na I Conferência Internacional sobre Determinantes Sociais da Saúde em Maputo

Selecção definitiva dos papers /resumos 
[ … ]

Atualidade

Abertas as inscrições para a I Conferência Internacional sobre Determinantes Sociais da Saúde em Maputo

Já podes fazer tua reserva.  A inscrição é gratuíta. 
[ … ]

Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación.
Al continuar con la navegación entendemos que aceptas nuestra política de cookies.